home       segunda-feira, 26 de junho de 2017
CHD - Casa Histórica de Deodoro
A casa onde viveu o Marechal Deodoro da Fonseca abriga uma exposição permanente, onde é possível conhecer mais a história do período e curiosidades sobre o proclamador da República Brasileira.

Quem passa em frente ao sobrado nº 197 da Praça da República provavelmente nunca se deu conta de que está próximo de um dos sítios históricos mais importantes da História política do Brasil: a
residência do Marechal Deodoro da Fonseca, o proclamador da República. Neste local, foi decidido o primeiro Ministério Republicano, em 09 de novembro de 1889.

A atual Bandeira Nacional também foi idealizada nesta casa histórica, dez dias depois. Como todas as residências construídas no início do século XIX, a casa possui características típicas de um sobrado urbano residencial do período colonial. O andar térreo era destinado à guarda dos carros puxados por animais (razão pela qual existe uma entrada central mais larga), como habitação para os escravos da família, ou mesmo para instalação de atividades comerciais. Portanto, constituía-se na parte menos nobre do imóvel, uma vez que era dedicada ao trabalho braçal, coisa desprezada pela sociedade da época (lembremos que a construção da Casa está inserida num contexto de uma sociedade escravocrata).

No andar superior ficava a verdadeira residência da família. Havia uma varanda na parte frontal, de onde podia se observar o movimento da rua a sala de receber, constituída de poucos móveis um corredor que fazia a ligação desta para as alcovas, que eram os quartos, os quais eram desprovidos de janelas para o exterior, característicos dos hábitos lusitanos de recanto familiar e finalmente, o principal ponto de reunião da família, a sala de jantar.

Sua fachada conserva as características originais, apresentando as ombreiras enquadradas em pedras e várias aberturas.

No ano de 1890, o Marechal Deodoro, já Presidente da República, mudou-se para o Palácio do Itamaraty, e, ao mesmo tempo, a Casa e seu terreno foram vendidos. Muito embora o imóvel continuasse a se constituir numa residência particular, foi fixada lápide comemorativa na fachada da casa, que continha os seguintes dizeres:

“ Desta casa, residência do Mal Deodoro da Fonseca, saiu este grande Chefe Militar
para proclamar, na manhã de 15 de novembro de 1889, a República dos Estados Unidos
do Brasil”.

Em 4 de junho de 1958, ocorreu a primeira medida visando a preservação da Casa, cujo interior foi bastante deteriorado ao longo dos anos: o imóvel foi tombado no Livro de Tombo n° 8, da Diretoria de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional do Ministério da Educação e Cultura.

Em 1966, a Casa Histórica de Deodoro tornou-se sede provisória do Museu do Exército, recebendo de imediato o acervo do Museu de Medicina Militar e da extinta Comissão Rondon. João Severiano da Fonseca, irmão do Marechal Deodoro é o Patrono do Serviço de Saúde - daí a motivação em colocar a exposição na na Casa Histórica de Deodoro.

Assim, o Museu do Exército funcionou na Casa de Deodoro até o ano de 1987, quando as instalações, os recursos humanos e materiais e o acervo do Museu do Exército foram incorporados ao patrimônio do Museu Histórico do Exército e Forte de Copacabana (MHEx/FC).

Em 24 de março de 1998, após uma série de reformas e adaptações, a Casa foi reaberta, acolhendo o Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (IGHMB), que realiza reuniões voltadas para o estudo da política e dos problemas brasileiros, bem como da História militar do Brasil e do mundo.

A Casa Histórica de Deodoro é aberta ao público com uma exposição permanente sobre o Proclamador da República, fazendo parte do roteiro cultural da Cidade do Rio de Janeiro.

Serviço:
Visitas de terça a sexta, das 10h às 16h.
Entrada Franca
End.: Praça da República, 197 - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Tel.: (21) 2221-0964
E-mail: chd@fortedecopacabana.com
Site: http://www.fortedecopacabana.com/casa-historica-de-deodoro.html




VOLTAR
Associação Comercial de SP Associação Comercial de SP DPZ FIAT ITAÚ

INSTITUIDORES E PARCEIROS                    LINKS                    TEMPO                    MAPA DO SITE
© Fundação Cultural Exército Brasileiro. Todos os direitos reservados.  Criação FamilySites